Smart ForTwo, Mini Cooper e Fiat 500 | Carros Compactos

Os_minicarros_Apollo_veiculos

Smart ForTwo, Mini Cooper  e Fiat 500

Os carros compactos, além de muiiito “fofos”,  têm mais que um belo design. Têm um charme quase irresistível, que é proporcional ao seu tamanho. Além de caber em qualquer vaga, são mais econômicos e liberam menos poluentes no ar. O que ainda pode melhorar, é o tipo de combustível: bem que poderia ser flex. Apresentamos então, uma versão de cada um deles. Vamos Comparar esse 3 modelos tão desejados: O Fiat 500, o Smart ForTwo e o MINI Cooper. Todos são sensacionais e temos em estoque aqui na APOLLO para você poder ver de perto.

Fiat 500

fiat 500

 

Recentemente, a Fiat, 50 anos após seu lançamento, ela repaginou o 500, ou “Cinquecento”, como é chamado na Itália. Suas linhas até que lembram o modelo pioneiro, que foi produzido primeiramente em 1957. Ele tem o capô curto e os faróis arredondandos e um friso cromado no pára-choque. Seu porta-malas comporta 185 litros. Até que é um bom espaço.

No painel, que é  da mesma cor da carroceria, o que mais chama a atenção são os traços bem desenhados e a reunião de todos os instrumentos no mesmo local. No meio  ficam os mostradores digitais de combustível e o computador de bordo. Ao lado fica o conta-giros e, na continuação do painel, fica o velocímetro.

 

Fiat 500 painel

 

 

No console, você encontra os comandos do ar-condicionado, o câmbio e os botões de abertura dos vidros. Como a parte interna é um tanto compacta, optaram por não coloca os botões dos vidros nas portas, deixando alí apenas aos comandos dos retrovisores, que também são elétricos. Dos três minicarros, o Fiat 500 é o mais “apertado”. É claro que o Smart tem a “vantagem” de levar só dois ocupantes. E em relação ao Mini, pode faltar espaço para os joelhos, caso você seja muito alto. Quem mais vai reclamar, é quem for nos bancos de atrás. Mas para passageiros de  até 1,70 de altura, é uma experiência bacana em curtas viagens. Na direção, reparei na leveza  da condução, mas a suspensão se dá melhor na cidade do que no campo. Aliás, um excelente carro para cidade. Vale a pena.

CONCLUSÃO
O design é o ponto forte do Fiat. Assim como no Mini, o interior agrada, mas falta espaço para quem anda atrás. Quem quiser ver o 500 de perto pode vir até a loja.

Confira aqui as fotos do FIAT 500 em nosso estoque: FIAT 500 na APOLLO

 

Smart Fortwo

 

Smart Fortwo Apollo

 

O Smart (sigla que significa Swatch + Mercedes + palavra arte, em inglês) ganha quando anda pelas ruas, pois as pessoas se viram para vê-lo passar. É complicado entender, como que, em um carro tão pequeno, podem caber o motor, câmbio, freios, painel e dois passageiros adultos. E ainda oferecer conforto e estabilidade? Parece mágica.

O Fortwo já está em sua segunda geração. Na verdade, deram uma boa repaginada no design. O Smart mudou nos faróis, nas entradas de ar e levemente na traseira. Resultado? Agradou muito.

Smart-Fortwo-Interior

Como transporta somente dois ocupantes, o espaço para as pernas é suficiente, assim como para o resto do corpo. No painel, o que se destaca é o conta-giros, que fica bem no meio do painel. O interior desse pequeno “Smart Car”, apesar de espaçoso, comete algumas gafes, como não ter regulagem de altura no volante. Mas, em contrapartida, os comandos do ar-condicionado são fáceis de mexer e ocupam pouco espaço. O porta-CDs também se destaca: é retrátil e removível. Prático, não?

É um carro urbano. No trânsito do dia a dia, com o ar-condicionado ligado o motorista ficará feliz e se dará por satisfeito pela aquisição.

CONCLUSÃO
É o menor dos três – e deve ser o mais barato. Pode ser interessante para o transporte urbano sem perder a classe.

Confira aqui as fotos do SMART em nosso estoque: SMART FORTWO na APOLLO 

 

Mini Cooper S

Mini Cooper S

O Mini Cooper, hoje em dia é fabricado pela marca alemã, a BMW. Suas linhas praticamente as mesmas da primeira versão, que se manteve até recentemente, em 2.000. A versão Cooper S, vem com potência de 175 cv.

No interior do Mini, chama atenção é o painel. Nele se localiza o velocímetro, o indicador de combustível e alguns outros comandos, como o das luzes e do rádio. Bem na visão do condutor fica o conta-giros e o visor digital. Cada detalhe do Mini Cooper é surpreendente. Alguns dos comandos são iguais ao do logotipo da marca. O volante tem regulagem de altura e de profundidade, e o conta-giros faz jus a sua função. Para abrir ou fechar os vidros e o teto solar, existem umas pequenas chaves que se encontrar no console principal. Em relação a espaço , o MINI ganha do 500 e do Smart. Duas pessoas adultas cabem melhor do que no Fiat.

 

mini_cooper_Painel

 

O banco do Mini Cooper S também tem regulagem de altura. E no motor de 1.6 TURBO, o ronco não incomoda. Com 24,6 mkgf de torque já a 1 600 rpm, o Mini tem arrancada e leva  7,1 segundos para atingir aos 100 km/h. Com câmbio de seis marchas, essa “mini máquina” é digna de aplausos. O volante e o carro respondem bem a qualquer movimento e a suspensão passa muita confiança, estimulando o condutor. E, para melhorar ainda mais, o Mini vem completo de série. A versão Cooper S traz seis airbags, controle de estabilidade, ABS com EBD e BAS, controle de tração e CD player com MP3. Fantástico.

CONCLUSÃO
É  mais caro comparado aos outros dois, pois é o melhor. A versão turbo é anda muito bem, tem desing cativante e já vem bem equipada.

Confira aqui as fotos do MINI em nosso estoque: MINI COOPER S na APOLLO

Print

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>