Multas podem ser divididas no Cartão de Credito

2016.09.19-Post-Blog

O Contran (Conselho Nacional de Trânsito), por meio da Resolução 697, autorizou na última semana o pagamento de multas e outros débitos relacionados ao veículo, como IPVA, licenciamento e seguro obrigatório (DPVAT), via cartão de débito e divididas no cartão de credito.  A nova regra, que divide no cartão de credito, já foi até publicada do Diário Oficial da União, ainda precisa ser implementada pelos órgãos de trânsito oficiais emissores da cobrança, como Detrans, prefeituras e polícias rodoviárias federal e estadual.

De acordo com o Ministério das Cidades, ao qual o Contran está vinculado, a iniciativa tem como objetivo facilitar a quitação dos débitos e, com isso, reduzir a inadimplência, podendo dividir as multas no cartão de credito. Com o pagamento parcelado, o veículo é regularizado imediatamente – cabe à operadora do cartão, portanto, quitar à vista as pendências com o respectivo órgão de trânsito e depois cobrar as parcelas do cliente (operação que, vale lembrar, poderá ter incidência de juros).

O parcelamento de multas com cartão de credito já era realizado por alguns órgãos de trânsito, porém via documentos de arrecadação. Até então, o pagamento via cartão de crédito ou débito, sem parcelamento, só era permitido para quitação de multas emitidas para veículos registrados em outros países.

Print

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>