Buzina, você sabe como usar corretamente?

buzina

Essa é uma situação cada vez mais comum no trânsito, especialmente em cidades maiores.

Com o aumento de veículos circulando, e o crescente desrespeito às leis de trânsito, o uso errado da buzina se tornou uma prática corriqueira, seja para carros, motos ou veículos maiores.

É claro que a invenção desse equipamento trouxe benefícios para condutores e pedestres. Mas seu uso indevido é uma das principais causas de estresse e outros problemas causados pelo trânsito. Mas o que a lei diz sobre isso?

Inicialmente vale ressaltar o que o Código de Trânsito fala sobre o uso correto da buzina.

Art. 41. O condutor de veículo só poderá fazer uso de buzina, desde que em toque breve, nas seguintes situações:

I – para fazer as advertências necessárias a fim de evitar acidentes;

II – fora das áreas urbanas, quando for conveniente advertir a um condutor que se tem o propósito de ultrapassá-lo.

Logo de cara percebemos que a grande maioria das vezes que ouvimos não se encaixa nesses dois aspectos, que são os únicos permitidos. Além disso, o início do artigo cita que isso deve ser feito em toque breve. Ou seja, aquelas longas buzinadas, que normalmente indicam um motorista bem irritado atrás do volante, são proibidas por lei.

Isso é citado claramente quando olhamos para o Artigo 227, que fala sobre várias situações onde é proibido o uso da buzina:

Art. 227.

I – em situação que não a de simples toque breve como advertência ao pedestre ou a condutores de outros veículos;

II – prolongada e sucessivamente a qualquer pretexto;

III – entre as vinte e duas e as seis horas;

IV – em locais e horários proibidos pela sinalização;

V – em desacordo com os padrões e freqüências estabelecidas pelo CONTRAN.

Pense em quantas vezes você já viu outros motoristas usando a buzina nas situações mencionadas acima, como em locais proibidos (como na frente de escolas, hospitais ou dentro de túneis) ou num horário inapropriado entre as 22h00 e as 6h00.

Mas, sem dúvida alguma, a principal maneira errada de usar a buzina que vemos no trânsito é a citada no ponto 2.

Muitos alegam que fazem uso prolongado ou sucessivo por causa da maneira de dirigir dos outros à sua volta porém independentemente de qualquer fator, a lei acima citada deixa claro que não respeitá-la implica em multa leve, de R$ 88,38, mais 3 pontos na CNH.

Print

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>